Negociando com o Flamengo, Bruno Henrique revela insatisfação

Atacante Bruno Henrique (Foto: Flavio Hopp/Raw Image/Folhapress)
Possível reforço para o Flamengo, Bruno Henrique vive dias tensos com a diretoria Santista. Em entrevista para 'A Tribuna On-line', o atacante revelou que não gostou de saber que podia ser leiloado, após a entrevista dada pelo presidente do Santos, José Carlos Peres, que revelou considerar a hipótese de vender Bruno Henrique e o lateral-direito Victor Ferraz.

O novo técnico do Santos, o argentino Jorge Sampaoli, pediu a direção santista que mantenha o atacante Bruno Henrique no elenco para 2019. Porém, a permanência do atleta foi dificultada pela entrevista dada pelo presidente santista e pelo interesse do atleta em transferir-se ao Flamengo.

“O Sampaoli chegou e disse que conta com estes jogadores. Mas os atletas têm o desejo de ganhar um salário maior. Vamos resolver nos próximos dias”, disse o presidente à rádio Transamérica.

Procurado pelo site 'A Tribuna On-line', o atacante demonstrou insatisfação com Peres, que em novembro revelou ter recebido propostas por Bruno Henrique e que, em ocasiões como essa, gostava de fazer leilão para tentar arrecadar mais. 

"Quem falou que queria fazer leilão e que havia sete clubes interessados em mim não fui eu. Então, não quero falar sobre isso (saída ou permanência no Santos)”, disse. “Sabendo da importância que os jogadores têm para o time, ele não podia falar isso. Ninguém gosta de saber que pode ser leiloado pelo clube em que joga”.

Segundo a 'Rádio Globo', Bruno Henrique já tem um acerto com o Flamengo. Recentemente, o Rubro-Negro fez uma oferta de R$ 20 milhões pelo atleta, além de incluir dois jogadores na negociação, sendo um jogador por empréstimo e outro em definitivo. Porém negociação esfriou após a chegada de Jorge Sampaoli.
Agora, com a insatisfação de Bruno Henrique, a negociação entre Flamengo e Santos está próxima de um desfecho.
Compartilhar no Google+



0 comentários:

Postar um comentário